Make your own free website on Tripod.com
 
« September 2017 »
S M T W T F S
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
You are not logged in. Log in
Entries by Topic
All topics  «

Minhas Palavras!
Sunday, 23 November 2003
Quem Mexeu no Meu Queijo?

POSITION PAPER

QUEM MEXEU NO MEU QUEIJO?
Paper Position baseado no livro de:SPENCER N. JOHNSON

"Qual a mensagem do livro e o impacto dessas idéias no dia a dia das empresas"

Esta é uma pequena fábula sobre a forma como as pessoas lidam com a mudança, algo que intuitivamente tratamos de evitar ou minimizar, porém mudanças ocorrem e são inevitáveis.

O queijo é uma metáfora para qualquer coisa que desejamos ou necessitamos em nossas vidas. É nosso objetivo. Para os ratos, é especificamente o queijo. Para os duendes, pode ser felicidade, êxito, dinheiro, etc.

O labirinto é uma metáfora da vida, qualquer que seja o lugar onde as pessoas passam o tempo buscando aquilo que desejam e necessitam.

Ao se deparar com o desaparecimento do queijo a que estavam acostumados, diante de uma mudança, cada um dos personagens reagiu de forma distinta, de acordo com suas personalidades.

Diante das inevitáveis mudanças, devemos reagir, adaptar e atuar rapidamente. Posteriormente poderemos então desfrutar e entender as melhorias.

O que podemos perceber na fabula, é, que para cada situação vivida pelos personagens do livro, há semelhanças com a vivência empresarial. Nas empresas, diante da mudança sempre reagimos visando conquista de espaço e sucesso pessoal e profissional.

Existem pessoas que acham que sua posição é sólida e que tudo está sobre controle. Estas pessoas são exemplos típicos de alguém que resistirá a mudanças. Certamente morrerão pelo caminho. Seria igual a Hem que ficaria no mesmo lugar esperando o velho queijo reaparecer.

Outras pessoas ficam esperando a reação dos outros, assim que há uma definição, seguem o fluxo. Acabam encontrando seu queijo.

Aqueles que reagem rapidamente procurando uma solução antes mesmo que a mudança dê seus primeiros sinais, certamente encontrarão seu queijo.

O melhor dos mundos está à disposição daquelas pessoas que estão continuadamente se adaptando, se ajustando, compreendendo o movimento da mudança. Este tipo de pessoa percebe que quem tem que mudar é ela e não o mundo. Esta foi atitude assumida por Haw que conseguiu enxergar um queijo diferente daquele que imaginava.

No meio empresarial deveremos estar preparados, já que as mudanças são inevitáveis. A fábula nos mostra que deveremos ser treinados em antecipar, monitorar, adaptar-se e apreciar as mudanças.

A fábula coloca-nos frente a frente com os personagens como se fosse um espelho, refletindo o momento e a decisão. Mudar ou morrer. A escolha é nossa.
Por: Lauro Jorge Prado


Posted by lauroprado at 9:05 PM BRT
Bem Vindo
Bem vindo ao meu Blog. Aqui vai ficar registrado alguma das minhas ideias e pensamentos. Um grande abraco e sucessos a todos. Lauro Jorge Prado

Posted by lauroprado at 4:06 PM BRT

Newer | Latest | Older